Todos os que estavam escondidos do Anexo Secreto são enviados no mesmo transporte para Auschwitz.

Deportação para o Campo de Auschwitz

Oficiais alemães na plataforma do campo de transição de Westerbrok perto de um comboio que está prestes a partir.
  • Imprimir

Regularmente partem comboios de Westerbrok para campos de concentração mais a Este. No sábado, dia 2 de setembro de 1944, os nomes dos prisioneiros que devem partir no dia seguinte são lidos em voz alta. Incluídos nos 1019 nomes estão os dos habitantes do Anexo Secreto.

Comboio de mercadorias

Na manhã seguinte um longuíssimo comboio de mercadorias aguarda. Cerca de setenta prisioneiros são empurrados para cada vagão. Homens, mulheres, crianças, jovens, velhos, saudáveis, doentes. A maioria dos prisioneiros têm que ficar de pé. A família Frank consegue manter-se junta. Lenie de Jong van Naarden também estava no comboio e relembra: "Muita gente, inclusivamente as meninas Frank, dormia encostada às suas mães ou pais, toda a gente estava extremamente cansada."

Transporte Werterbrok - Auschwitz O letreiro no comboio

Exaustos

A viagem de comboio dura três dias. No vagão existe um balde que serve de sanita. Dentro de pouco tempo o fedor é insuportável. Os prisioneiros mal conseguem respirar. Janny Brilleslijper: "Se por acaso ficassemos perto de um respiradouro, conseguiamos aliviar-nos do fedor, mas podiamos ficar doentes porque havia muitas correntes de ar." Num momento o comboio apanha velocidade, noutro abranda mais uma vez. 

Rosa de Winter-Levy mais tarde diz sobre a sua viagem: Depois de dois dias, estávamos exaustos, um homem morreu e havia uma mulher idosa, crianças a chorar, já não suportava mais. 

Para o campo de Westerbork Os escondidos no Anexo Secreto são primeiro enviados para o campo de transição de Westerbork.

A 8 de agosto de 1944, os oito escondidos são levados num comboio de passageiros para o campo de Westerbork...

Mais...

Chegada ao campo de Auschwitz Os homens e as mulheres são imediatamente separados.

Na plataforma em Auschwitz-Birkenau, os homens e as mulheres são separados...

Mais...