Os escondidos no Anexo Secreto são primeiro enviados para o campo de transição de Westerbork.

Para o campo de Westerbork

  • Imprimir

A 8 de agosto de 1944, os oito escondidos são levados num comboio de passageiros para o campo de Westerbork. Devido ao facto de não se terem entregue voluntariamente e terem, em vez disso, sido presos, são postos em barracões no bloco de punição. Eles têm que trabalhar todo o dia partindo baterias antigas. Apesar de ser um trabalho sujo e pouco saudável ainda assim, os prisioneiros podem falar uns com os outros.

Viagem de comboio

No início da manhã, a 8 de agosto de 1944, as oito pessoas que estavam escondidas e os outros prisioneiros são retirados das suas celas e levados de elétrico para a estação central de comboios de Amesterdão. Um comboio de passageiros normal aguarda-os. O comboio leva os prisioneiros para o campo de trânsito de Westerbork.

AFS_A_OFrank_III_001.005.jpgViajámos num comboio de passageiros normal. O fato de a porta estar trancada não nos incomodou muito... A Anne não conseguiu sair da janela. Lá fora era verão. Prados, campos de restolho e aldeias voavam. Os cabos do telefone, ao lado do caminho, curvavam para cima e para baixo ao longo da janela. Era como a liberdade.

Otto Frank

Barracões de punição

Depois de algumas horas de viagem, o comboio chega a Westerborks, no norte da Holanda. Os prisioneiros são registados e divididos pelos vários barracões de punição. Os prisioneiros que não se entregaram voluntariamente às autoridades alemãs quando receberam as convocatórias mas, em vez disso, se esconderam, foram para os barracões de punição. Há barracões para homens e mulheres.

Cortando baterias abertas no Campo Westerbrok

Os prisioneiros têm que trabalhar durante o dia. As mulheres têm que partir baterias. É um trabalho imundo e insalubre. Prisioneira Janny Brilleslijper: " Nós tinhamos que rachar as baterias com um martelo e um cinzel e depois atirar o alcatrão num caixote e as barras de carbono que tinhamos que remover, para outro caixote; tinhamos que tirar as tampas de metal com uma chave de fendas que iam para um terceiro caixote. Para além de ficarmos extremamente sujas do trabalho, todas começámos a tossir porque libertava uma espécie de pó. A parte agradável de trabalhar nas baterias era que podiamos conversar umas com as outras."

Batterijen in Westerbork
Abrindo baterias no campo de Westerbrok.

Para o campo de Westerbork Os escondidos no Anexo Secreto são primeiro enviados para o campo de transição de Westerbork.

A 8 de agosto de 1944, os oito escondidos são levados num comboio de passageiros para o campo de Westerbork...

Mais...

Chegada ao campo de Auschwitz Os homens e as mulheres são imediatamente separados.

Na plataforma em Auschwitz-Birkenau, os homens e as mulheres são separados...

Mais...