No seu 13º aniversário Anne Frank começa a escrever no seu diário e escreve também contos durante o período em que esteve escondida.

Anne inicia-se na escrita

  • Imprimir

No seu 13º aniversário Anne Frank começa a escrever no seu diário. Ela não tem realmente amigos próximos em quem possa confiar, então no seu diário escreve cartas minuciosas a uma amiga imaginária, Kitty. 

Showcase Anne en haar dagboek

Anne e seu diário

Descobrir a história por trás do diário de Anne Frank.

Visite o site

O diário de Anne Frank é publicado

No diário, Otto lê sobre o plano de Anne de publicar um livro depois da guerra acerca do tempo que passou no Anexo Secreto.

Mais

Reactions to the diary

Otto received many letters after the publication of Anne’s diary.

Mais...

Anne traz o diário para o esconderijo

A última vez que ela confidencia os seus sentimentos no papel é a 1 de agosto de 1944. Dois anos passaram e muito mudou na sua vida. As primeiras semanas após o seu aniversário foram "normais": foi à escola, estava preocupada com o seu desempenho escolar, bisbilhotou acerca dos seus colegas... Mas a 6 de junho ela foi para o esconderijo e está a viver no Anexo Secreto com os seus pais e irmã. Uma semana depois a família Van Pels chega, e Fritz Pfeffer junta-se a eles em novembro de 1942. 

Página do diário de Anne

Sufoco

As longas cartas destinadas a Kitty, o nome que ela deu ao seu diário, são parte do diário da Anne desde o princípio. O diário torna-se ainda mais importante para Anne durante o período em que esteve escondida porque ela pode a ele confiar os seus pensamentos mais íntimos. A 16 de março de 1944 ela apercebe-se: "A melhor parte é poder escrever todos os meus pensamentos e sentimentos, caso contrário sentir-me-ia absolutamente sofucada". 

"Contos" escritos

Durante o período de esconderijo, Anne não escreve apenas no seu diário. Ela escreve também pequenas histórias. "Há poucas semanas comecei a escrever uma história, algo que eu inventei desde princípio a fim; desfrutei tanto que os produtos da minha caneta começam a apilhar-se." Ela lê alguns dos seus "Contos" em voz alta para as restantes pessoas escondidas. 

Livro de "contos" Índice do livro de "contos" da Anne, um caderno de contabilidade no qual escreveu as suas histórias.

Citações favoritas

Para além do diário e as histórias, a Anne também escreve as suas "citações favoritas" num outro caderno. Se ela lê uma frase num livro e esta a impressiona, copia-a depois para o seu caderno. Ela tirou a idea do seu pai. Ás vezes reflete um pouco mais sobre estas "citações favoritas" escrevendo sobre as mesmas no seu diário. 

Anne inicia-se na escrita

Para além do seu diário, Anne também escreve "citações favoritas" num outro caderno. 

Mais...

Anne, a escritora

Anne acha na escrita uma busca cada vez mais encantadora. 

Mais...

Finalmente levada a sério como escritora? As várias versões do diário de Anne

Em 1998, o aparecimento de cinco páginas desconhecidas escritas pela Anne fez mais uma vez com que as atenções se focassem no…

Mais...